quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

Tancateco



Tancateco ou microtanca, composição literária criada pelo poeta brasileiro Paulo Cesar da Costa Pinto, deriva-se do tanca em “sua variante mais concisa”.

Tancateco é um poema de forma fixa, por isso possui normas das quais o autor não pode fugir.

Estrofes: Como o tanca, é composto por 2 estrofes: um terceto e um dístico.

Métrica: o poema tem 11 sílabas poéticas ao todo, que se distribuem pelos versos e as estrofes assim: terceto; estrutura 1-3-1, a mesma do haicaiteco; dísticos: os 2 versos com 3 sílabas poéticas. Logo, a estrutura do tancateco fica 1-3-1-3-3;

Rima: facultativa;

Tema: livre;

Título: a critério do autor, mas, se houver, deve ter uma palavra;

Os versos podem começar com letras maiúsculas ou minúsculas.



Mardilê Friedrich Fabre

2 comentários:

  1. Suaves tancatecos, belas imagens. Agradeço a você, te homenageando através de um haicai:

    Marcante sorriso!
    disse a alegria, que se
    lê em seu olhar...

    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Um pequeno reparo: em teu olhar...

      Excluir