sábado, 19 de setembro de 2015

Poema Varano



Tipo de poema criado pelo poeta brasileiro Ineifran Varão em janeiro de 2013.

Como compor:

estrofes: no mínimo 2 quintilhas, no máximo 10;

métrica: versos tetrassílabos (4 sílabas poéticas);

rimas: emparelhadas;o 5º verso de cada estrofe rima com o 5º verso da estrofe anterior;as rimas só podem ser repetidas uma vez no poema, mas com palavras diferentes; o esquema das rimas, então,fica o seguinte: AABBC / DDEEC / FFGGC / (e assim por diante); todos os quintos versos têm a mesma rima, que é diferente das outras rimas dos versos;

o 5º verso das estrofes vem precedido de reticências, ele conclui a estrofe e o último 5º verso conclui o poema;

o autor escolhe o tema;

título obrigatório.


 Referências

http://www.recantodasletras.com.br/visualizar.php?idt=4086525



Imagem do passado

A noite finda,
A névoa blinda
O sol refém
No céu além
...Um triste dia!

Onde o sentido
Deste alarido
De ave no galho
Como o farfalho
...Que o vento cria?

A chuva toca
E o som evoca
Crise de amor...
Ai quanta dor!
...Coração chia.

Passado volta,
Reviravolta,
Desce lembrança,
Mass não amansa.
...Saudade fria.

Reunião na praça
Sorriso abraça,
Olhar concede
O corpo impede
...Mão de ousadia...


Mardilê Friedrich Fabre
Imagem: g1.globo.com


Um comentário:

  1. Olá, Mardilê Friedrich Fabre, é prazeroso saber que o poema varano está sendo praticado e divulgado por você. Coloco-me à sua disposição para quaisquer esclarecimentos que vier a precisar a respeito do varano. Grato pela iniciativa e parabéns por seu excelente trabalho. Abraços poéticos.

    ResponderExcluir